MARROCOS

SURF BERBERE

Localizado no Norte de África e banhado por Atlântico, a oeste e sul, e Mediterrâneo, a norte, Marrocos apresenta-se como um destino recheado de exotismo, mas também de ondas de muita qualidade. Este é um verdadeiro paraíso para os surfistas regulares, pois os point breaks de direitas são a marca registada da região.

Pertence ao Magrebe e possui um interior montanhoso, várias extensões de deserto e um ligeiro toque europeizado, fruto da proximidade ao velho continente. Mas é no litoral que se encontram os maiores tesouros marroquinos: uma verdadeira “fábrica” de ondas, ao melhor estilo dos novos parques aquáticos… mas em versão natural.

Depois, há ainda vastos areais e praias belíssimas, que compõem uma paisagem única. O turismo é uma das principais atividades do país, oferecendo uma cultura rica em história, sons e sabores. Os mercados tipicamente marroquinos fazem a delícia de qualquer um.

A grande maioria da população é muçulmana. Embora se trate de um país moderado, é importante respeitar os costumes locais – no caso das mulheres, não mostrar partes do corpo. É ainda necessário ter cuidado com eventuais ladrões ou com a “insistente” polícia local.


Clima 

Marrocos é um país que oferece grande diversidade climática, principalmente devido à enorme diferença entre um litoral mais ao estilo europeu e um interior caracterizado pelos desertos e sistemas montanhosos. A norte o clima é mediterrâneo e ameno, tendo temperaturas moderadas no verão. A sul existe um clima mais desértico, sobretudo na zona do Sahara, seco e com pouca humidade, oferecendo verões longos e muito quentes. A oeste/sudoeste o clima tem tendências mais atlânticas, semelhante a Portugal, mas mais quente. O inverno não é tão frio, sobretudo no litoral oeste e norte.

 

Época

O facto de a costa oeste estar exposta aos swells do Atlântico Norte faz com que estejamos numa região com características idênticas às de Portugal, com o outono e inverno a serem as melhores épocas de surf, onde a consistência é elevada. Há surf de qualidade entre setembro a abril, mas a época “premium” acontece de novembro a fevereiro. O verão é mais fraco em termos de swell a oeste, mas com algumas opções mais consistentes na costa norte/mediterrânea.

 

Agadir/Taghazout

Referência em termos de surf e turismo na costa atlântica marroquina, por aqui se situam muitas das direitas mais perfeitas e longas do país. Taghazout fica a somente 20 quilómetros do centro turístico de Agadir e é o ponto central do surf marroquino, sobretudo devido ao famoso spot de Anchor Point e à influência do offshore.


Material recomendado

Como o clima não é muito frio, mesmo no inverno, são aconselháveis roupas leves, embora sempre com peças mais quentes para prevenir. A água pode chegar acima dos 20 graus no verão e no inverno baixa dos 20 graus, mas é possível surfar apenas de fato 3/2. Recomenda-se um quiver com mais que uma prancha e para diferentes tamanhos de mar. Importante levar chop e quilhas a mais, cordinha, wax de água intermédia e protetor solar.


Onde ficar

Resorts, Guest Houses e Surf Camps.

Existem inúmeras opções de alojamento pela costa marroquina, sendo que a oferta de resorts é algo rica. As opções primem pelo conforto e também oferecem contacto com os traços culturais locais, para além de terem espaços exteriores mágicos, onde se pode desfrutar da paisagem envolvente sob a luz das estrelas.

Há também opções mais em conta, como as guest houses, também elas marcadas pelos traços da arquitetura local, ou mesmo surf camps, que permitem um contacto mais aproximado aos spots locais.

É preciso ter alguma atenção aos costumes locais, uma vez que se trata de um país maioritariamente muçulmano, embora moderado. As mulheres terão de preocupar-se essencialmente em não mostrar partes do corpo - pedir mais informações ao operador Takeoff no local.

+ INFO

SURF MARROCOS

Marrocos possui, provavelmente, a costa mais rica em point breaks de direitas de todo o Mundo. Ondas longas e com power, que exigem alguma destreza, mas que também oferecem sessões infinitas. Os regulares vão sentir-se em casa, por aqui. Mas Marrocos está longe de ser um pesadelo para os “goofys”, pois alguns dos spots possuem esquerdas e, embora mais escassos, existem também beach breaks.

AGADIR/ TAGHAZOUT

O título de capital turística de Marrocos pertence a Agadir, que é considerada um verdadeiro resort à beira-mar. Uma cidade moderna, acolhedora e com charme africano, ideal para os amantes do mar. Tem a mais-valia de estar rodeada pelos melhores spots de surf da região e oferecer condições para a prática de muitos outros desportos aquáticos.

As praias são o verdadeiro ex-líbris de Agadir. Posicionadas numa baía, com extensos e dourados areais, mar calmo e com o sol a marcar presença durante praticamente todo o ano.

O Parque Nacional de Sous Massa, a Medina local, as ruínas do Kasbah, fortificação do século XVI que servia para defender a cidade dos ataques, sobretudo, dos portugueses, e os mercados tradicionais são outras das atrações locais, com os traços culturais sempre bem vincados.

Já Taghazout, que se situa 20 quilómetros a norte, é apelidada de capital do surf marroquino, uma vez que possui inúmeros point breaks de direitas de grande qualidade, com Anchor Point a assumir-se como a meca do surf local.


DESCOBRIR

DAKHLA

Esta é uma península com cerca de 40 quilómetros de cumprimento, que tem uma ampla oferta no que ao surf diz respeito. Por lá existem beach breaks, reef breaks e point breaks, a grande maioria de fácil acesso. 


DESCOBRIR

O que procuras?

Programa
Todos
Surfing Solo
Surf Boats
Surf Resorts
Guest Houses
Quando
Todo o Ano
JAN A FEV
MAR A ABR
MAIO A JUN
JUL A AGO
SET A OUT
NOV A DEZ
Nível de Surf
Todos
INICIADO
Intermédio
Intermédio/Avançado
Avançado

As nossas ofertas MARROCOS